Q & A CYCLE

3ª Edição
Geneticamente falando com...
Depois do sucesso da primeira e da segunda edição, a SPG vai dar inicio a um novo ciclo de Questions & Answers (Q & A). Vamos atualizando os nossos convidados.
HORAS: 17:00
ONDE: segue o link

Picture 1_edited_edited.jpg

10-12-2021
Geneticamente falando com...
Teresa CALDEIRA
, Universidade de Évora

"O bom, o mau e o vilão: descobrir o papel dos  microrganismos no património"

CHAIR: 

Ana Teresa Caldeira, é Professora Associada com agregação no Departamento de Química da Universidade de Évora, doutorada em Química/especialidade Bioquímica e com Agregação em Bioquímica. É diretora do programa doutoral em Bioquímica, vice-diretora da licenciatura em Biotecnologia e vice-diretora do Instituto de Investigação e Formação Avançada da Universidade de Évora. É membro do Laboratório HERCULES (HERança CULtural Estudos e Salvaguarda) onde coordena a Linha de I&D: Novos materiais e ferramentas para o património cultural. 

Orcid: 0000-0001-5409-6990; Ciência ID: 4414-AA39-9843

Teresa Fernandes_edited.jpg

17-12-2021
Geneticamente falando com...
Teresa FERNANDES
, Universidade de Évora

"Quando cruzamos a Genética com a Antropologia Biológica ficamos a saber que ...."

CHAIR: 

Maria Teresa Ribeiro Matos Fernandes é doutorada em Biologia e docente na Universidade de Évora, onde leciona várias disciplinas na área da Biologia Humana, que cobrem a história evolutiva e recente humana. Tem como área de investigação principal a Biologia do Esqueleto Humano e a investigação de populações humanas do passado, com destaque para os seus padrões de saúde/doença. É investigadora integrada do CIAS (Centro de Investigação em Antropologia e Saúde) da Universidade de Coimbra. 

Picture 1_edited.jpg

14-01-2022
Geneticamente falando com...
Hélia CARDOSO,
Universidade de Évora

"Os mecanismos moleculares associados à formação de raízes adventícias"

Investigadora no Instituto Mediterrâneo para a Agricultura, Ambiente e Desenvolvimento (MED) da Universidade de Évora. O seu trabalho de investigação está focado na identificação dos mecanismos moleculares envolvidos na resposta das plantas a fatores de stress, em particular nos mecanismos associados à eficiência de processos morfogénicos induzidos in vitro (enraizamento adventício e embriogénese somática). 

HugoFoto.jpg

04-02-2022
Geneticamente falando com...
Hugo OLIVEIRA,
Universidade do Algarve

"O ópio do povo: genómica, arqueologia e a domesticação da papoila-dormideira"

Hugo Oliveira is an Associate Researcher at ICArEHB, investigating the origins and diffusion of farming.  He obtained a BSc degree in Applied Biology (University of Minho, Portugal) where he specialised in plant molecular biology. Subsequently, he completed an MPhil and a PhD in Archaeology at the University of Cambridge (UK). Since then, he has explored the domestication of rye (IFM, Linköping University, Sweden); the diffusion of fava bean (CIBIO, University of Porto, Portugal) and used next-generation DNA sequencing methods to elucidate the domestication of wheat (MIB, University of Manchester, UK) and lentil (ICArEHB, University of Algarve, Portugal). He is currently using genomic tools and archaeobotanical information to investigate the domestication of legumes in the Near East (lentil and chickpea) and West Africa (cowpea). Other interests include agricultural resilience and societal collapse, the consilience between natural and social sciences in archaeology and the application of genomics to plant breeding to achieve global food security in the face of climate change.

Picture 1_edited.jpg

11-02-2022
Geneticamente falando com...
Sandra CORREIA,
Universidade de Coimbra

"Embriogénese somática - um sistema experimental para compreender a totipotência em plantas"

Sandra Correia é Investigadora no Centro de Ecologia Funcional (CFE) da Universidade de Coimbra. Doutorada em Biologia - Fisiologia Vegetal, o seu percurso científico tem-se focado no estudo do desenvolvimento de plantas através da análise de processos de morfogénese in vitro, nomeadamente na indução de embriogénese somática como ferramenta para estudar a base molecular da aquisição de totipotência em células vegetais.

SoniaMelo_AB.jpg

11-03-2022
Geneticamente falando com...
Sónia MELO,
 I3S

"EVNet: cancer exchanging information to survive"

My expertise involves exosomes biology, pancreatic cancer and in vivo models of diseasewith 41 peer-reviewed publications and 7115 citations (h-index 27). I have trained as a postdoc at Harvard Medical School, Boston, USA and MD Anderson Cancer Center, Houston, USA, as an EMBO and Human Frontiers Fellow. I head an independent research line at i3S since 2015, and I am the coordinator of pre-clinical research in the Porto Comprehensive Cancer Center Program since 2020. I was distinguished with the Best ImmunOncology Project Award (2017) by AstraZeneca Foundation, a National Cancer Crowd Funding (2015) and the UNESCO-L’Oreal Prize for Women in Science (2015).

Rui Diogo pic1_edited.jpg

18-03-2022
Geneticamente falando com...
Rui DIOGO,
 Howard University

"Darwin, racismo, machismo, eugenismo e genética: a importancia das redes de poder na ciencia"

Rui Diogo is a multi-awarded researcher, speaker and writer renowned worldwide for addressing broader scientific questions and societal issues using state-of-the-art empirical data from many different fields of science, particularly concerning racism, sexism and scientific biases. He obtained his Bachelor's degree in Biology from the University of Aveiro, Portugal, and later did a PhD at the University of Liege, Belgium, a postdoc at the King's College of London, and then a master's and another Ph.D. at the Department of Anthropology of George Washington University, U.S. A wonderer and a wanderer, he has done research, gave speeches, or travelled in more than 120 countries: his talks include both academic lectures and speeches for the broader public, such as TED talks. He is the author of more than 150 papers in top journals and 20 books, including "Learning and understanding human anatomy and pathology" - used at several medical schools worldwide -, "Evolution driven by organismal behavior" - often listed among the ten best evolutionary books in 2017, and the already highly acclaimed "Meaning of Life, Human Nature, and Delusions".

foto_edited.jpg

01-04-2022
Geneticamente falando com...
Manuela ALVAREZ,
 Universidade de Coimbra

"Determinantes biológicos, sociais e culturais da longevidade na população do distrito de Coimbra"

As a researcher, Manuela Alvarez has developed her activity at the Research Center for Anthropology and Health (CIAS) of the University of Coimbra, in the field of Biological Anthropology. Along her academical path she has sought to apply a multidisciplinary approach, more specifically, using the bio-cultural theoretical model in the analysis of several demographic and evolutionary events, ranging from population genetics to life expectancy. For the past 5 years, Manuela Alvarez has coordinated a research team aiming to understand how diverse people, and communities experience and respond to the ageing process. The team includes researchers from different fields, such as biological anthropology, social anthropology, psychology, and pharmacy. A wide range of data, from biomarkers of biological age to subjective well-being, was collected in the Region of Coimbra, one of the 72 reference sites for active and healthy ageing recognized by the European Union. The preliminary results were submitted to scientific meetings, and several papers are being prepared based on a deeper analysis of the data. 

Ana-Barata.jpg

22-04-2022
Geneticamente falando com...
Ana BARATA,
 INIAV

"Conservação de Recursos Genéticos Vegetais"

 Engenheira agrónoma formada no Instituto Superior de Agronomia (Lisboa) e com mestrado em produção vegetalpela Universidade do Missouri, USA.  O seu objetivo de investigação é a gestão, conservação ex situ e in situ e valorização dos recursos genéticos vegetais. É responsável pelo Banco Português de Germoplasma Vegetal (BPGV) desde 1998. O BPGV, estrutura de referência Nacional e Internacional, de conservação dos recursos genéticos vegetais, faz parte integrante do Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária (INIAV), o Laboratório de Estado do Ministério da Agricultura. Durante mais de quatro décadas (1977-2022) o BPGV tem contribuído para a Conservação dos Recursos Genéticos Vegetais, assegurando a diversidade biológica e suportando uma produção agrícola sustentável atual e futura. Desempenha ainda funções de “Chair” Grupo de Trabalho das Plantas Aromáticas e Medicinais do European Cooperative Programme Genetic Resources (ECPGR). Autor e co-autor de capítulos de livros e, de artigos técnico-científicos sobre conservação de recursos genéticos vegetais, publicados em revistas nacionais e internacionais. Coordena e participa em projetos de investigação e desenvolvimento experimental, suportados por diferentes programas nacionais e internacionais.